quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

DE OLHO NO LEGISLATIVO: O copia e cola dos textos orçamentários

camara-municipal

12DEZ2017
CÂMARA MUNICIPAL DE JAPARATUBA/SE.


77 e 78ª S. O.


PRESENÇA:
1. Vereadores - Valdir, Manoel, Anselmo, Geovânia, Ronaldo, Pedro, Eugênio, Albert, Nilton César, Assessores e Servidores da Casa;
2. +ou_ uma dúzia de insistentes.
ORDEM DO DIA:
77ª S.O. - PL-11/2017 -> dispõe sobre o PPA;
78ª S.O. - PL-10/2017 -> LOA/2018.
# Presidente da Mesa põe pra discussão e votação (sem passar pelas Comissões para devida apreciação e muito menos Audiência Publica) - o Vice-Presidente e Líder da Bancada da Situação solicita a retirada das propostas para alteração, revisão e avaliação.
P.S.: algo de novo no "potentado"! O "Publico" de Japa, que não costuma participar das avaliações e decisões do "delibera" mais uma vez engoliria (e vai engolir), sem degustar ou mastigar, o insípido "bolo" engendrado por escritório contábil contratado pela gestão que continua a copiar/colar(com ligeiras alterações formais) textos orçamentários.


Por Gibras/ Publicado em https://www.facebook.com/gilberto.santos.3348

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

NOVENA DE SANTA LUZIA É REALIZADA NO POVOADO ENCRUZILHADAS

Cânticos

A Novena de Santa Luzia, tradicionalmente realizada no dia 13 de dezembro, aconteceu nesse sábado, 09, na Igreja de Santo Antônio (padroeiro de fato), no Povoado Encruzilhadas, Japaratuba-SE, como sempre organizada pela Família Hora e comunidade local.

Esse ano, por ocasião do aniversário da matriarca da família, as festividades tiveram início com a realização de uma missa às 16 horas, seguida dos parabéns pelos 91 anos de D. Caçula, a herdeira da tradição festiva iniciada por seus antepassados, pois, já alcançou seu pai festejando, o que legitima o costume como centenário.

Banda de Pífanos de Geração em Geração

A animação ficou por conta da Banda de Pífanos de Geração em Geração que é composta por membros da família e amigos. Com o falecimento de João da Hora em março desse ano, a composição ficou:

1. Jailson da Hora - Pífano

2. Vasso – Pífano

3. Loló – Zabumba

4. Ivanildo – Zabumba

5. Israel – Zabumba e Caixa

6. Franklin – Zabumba e Caixa

Esse ano tocou também Oliveira e Antônio Feitosa, ambos membros da Família Hora, completando assim os 8 membros com que sempre é formada.

Missa

HISTÓRICO DA TRADIÇÃO

Como é de conhecimento de todos da região, a Banda de Pífanos sempre era convidada para as novenas tradicionais da região como a de Santo Antônio em Encruzilhadas, Santa Luzia no Possão e outras no Siblade na casa de Zé Salu e de Antônio do Ouro, na Várzea-Verde na casa de D. Adília.

Contando a partir do patriarca Seu Dóia, a banda já está na quarta geração, a dos bisnetos. Geralmente, os novenários culminam com a festa do dia, onde tem os cânticos ou reza, a vena ou ato de veneração e, por último, o leilão. Dessa forma, a comunidade demonstra sua cultura e independência, pois, trata-se de um evento genuinamente comunitário.

A Novena De Santa Luzia, originalmente era realizada por outra ramificação da Família Hora, residentes no Povoado Possão, mas, devido à idade, alguns membros estão impossibilitados de festejar restando apenas à família manter viva a tradição.

Vena

A FESTA

Depois da missa, teve a apresentação da Banda de Pífanos de Geração em Geração, logo após os parabéns para a aniversariante. Em seguida os cânticos, a vena e depois o leilão. Participaram, além da comunidade local, pessoas dos povoados Várzea-Verde, Mundo Novo, Sibalde, Riachão e localidades circunvizinhas.

IMG_20171209_194722376

Filhos

Comunidade  Netos e sobrinhos


Realização: Jailson da Hora e Família.

Organização: Família Hora.

Apoio: Comunidade local.

sábado, 9 de dezembro de 2017

ÁGUAS DA MISSÃO: terreiros afros de Japaratuba realizam 3º cortejo e lavagem das escadarias da Igreja Matriz

Águas da Missão_2

AGUAS DA MISSÃO - História:


2014 - Gestão da Cultura/SECTE e Controle Social/recém criado CMPC convidam Babas e Iás para discutem a melhor forma de propiciar à Comunidade de Terreiro um momento "sui generis", único, específico, para festejar OXUM/Nª Sra. da Saúde com um cortejo próprio e consequente lavagem das escadarias da Igreja Matriz de Japaratuba/SE na solene e santificada data de 08DEZ. Na época o Pároco, consultando a Coordenação da Comunidade Eclesiástica Local e Zeladoras, se mostrou reticente em abrir as portas do templo para as homenagens e obrigações dos fiéis mas, permitiu o evento nas escadarias e, assim, com a presença das comunidades de terreiro de matriz afro de Japaratuba, Comunidades vizinhas e até da Capital do Estado aconteceu o 1º Evento das Aguas da Missão a 08DEZ2015, contando com a colaboração da Gestão e do Conselho e já sob o controle e coordenação da Comissão das Comunidades de Terreiro, logo após a tradicional Alvorada Festiva pela Centenária Banda de Musica da Sociedade Filarmônica "Euterpe Japaratubense". O 2º Cortejo das Aguas da Missão (08DEZ2016) teve um brilho especial e o Pároco e a Comunidade Católica abriram as portas da Igreja para as homenagens e obrigações. Estamos no 3º Cortejo das Aguas da Missão (08DEZ2017) - o seu brilho e fluência nos mostra o quanto fomos felizes com a concepção e indica mais e mais o respeito de Japaratuba à sua origem "indoportáfrica"!
"ORA YÊ YÊ Ô! – Salve a Senhora da bondade"

Aguas da Missão


Texto de Gilberto CMPC

Fotos: Gibras

sábado, 2 de dezembro de 2017

POESIA NA ESCOLA: Emiliano realiza seu primeiro festival de poesias

Jurados

01 de Dezembro de 2017 ficará na história daquela escola como o primeiro passo para o despertar poético dessa nova geração, digamos, de poetas que estavam dormindo.

O evento ocorreu das 19 horas até pouco mais das 22 horas na Escola Municipal Professor Emiliano Nunes de Moura. Foram premiados os ganhadores do 1º ao 5º lugar e o melhor intérprete, além do prêmio de participação para os demais finalistas do concurso.

Na oportunidade, o escritor e editor Flávio Hora premiou os vencedores com um exemplar da sua obra Cantos da Nova Idade (2014).

Cenário do Festival

Da Mesa Julgadora

A mesa julgadora foi composta por nomes da poesia, cultura e da educação local:

João Batista Rocha: Poeta, Escritor Teatral e Assessor Administrativo da Escola Emiliano;

Flávio Hora, também conhecido com F. J. Hora no mercado editorial: Poeta, Escritor, Editor e Diretor Financeiro da Secretaria Municipal de Educação de Japaratuba;

Périclys Rocha: Poeta, Ator e Secretário de Cultura e Turismo de Japaratuba;

Sonys Alberto: Poeta, Estilista e Produtor Cultural;

Andreza Silva Mattos: Professora da Rede Municipal de Japaratuba e Assessora da Secretaria de Educação de Nossa Senhora do Socorro;

Gilene dos Santos: Professora da Rede Municipal de Ensino e Secretária Municipal de Educação de Japaratuba.

Ganhadores

Participantes

1º LUGAR: DOENÇA INCURÁVEL – José Magno Monte Joaquim

2º LUGAR: CORES DESCOLORIDAS – Ádila Lorena Fonseca de Almeida –  MELHOR INTÉRPRETE;

3º LUGAR: DO ESPELHO À RENOVAÇÃO – Caroline Matos;

4º LUGAR: MINHA NOITE COMPANHEIRA – Sabrina Moura;

5º LUGAR: REAGIR, SEGUIR E VENCER – Autora: Ana Clara.

Andressa, uma das juradasJOSÉ MAGNO – 1º Lugar

Ganhadora recebe livro do Escritor Flávio Hora2º lugar e MELHOR INTÉPRETE

Avaliação do Evento

A realização de um Festival de Poesias é sempre um feito louvável, principalmente quando realizado no seio escolar, despertando nos nossos estudantes essa vontade de expressar suas emoções, pensamentos e opiniões através da arte. Parabéns a toda a equipe da Escola Emiliano, a Diretora Sílvia Joaquim,  professores e alunos pela iniciativa pioneira.

Andressa e participantesAndressa e Ádila Lorena

Poema Vencedor

Poema VencedorClique na imagem para ampliar.

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

TRADIÇÃO DE ENCRUZILHADAS: Povoado realizará Novena e Leilão de Santa Luzia

Novena de Santa Luzia


Como já é de costume, sempre em Junho, ocorre a Novena de Santo Antônio em Encruzilhadas(povoado de Japaratuba-SE), e, em Dezembro acontecia a Novena de Santa Luzia no Povoado Possões. Porém, com a doença de um dos membros da família que festejava no dia 13 de Dezembro, a tradição foi mantida com a família Hora, pois, tanto uma como a outra sempre foi animada pela Banda de Pífanos de Geração em Geração.

A data é a culminância do novenário que por conta do Leilão ser um importante evento para a manutenção da festa, o dia de sábado foi escolhido para que todos possam participar e festejar com paz e tranquilidade.

Acontecerá na Igreja de Santo Antônio, em Encruzilhadas, conforme programação (foto acima).

Você não pode perder!

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

METALINGUAGEM: Poesia que reflete sobre a produção poética

Velho carro de boi abandonado

DO POETAR E A SAUDADE...


Não tenho mais o que escrever
Pois, meu tempo só me traz desenganos
Nunca pensei, após tantos anos,
Que de saudade fosse viver.


Saudade do que não foi
Do que a musa outrora cantava
Lá bem no fundo eu desenhava
Um paraíso, um carro de boi
Que transportava meus sonhos
Pois, sem dormir eu sonhava.


Ah, poesia... minha companheira
Não sei se a pena tá cansada,
Sem tinta ou mais pesada
Pois, não é mais como foi a primeira!


HORA, F. J. Poemas e Canções. 11/02/2013. Todos os direitos reservados.



EMILIANO: Escola de Japaratuba realizará Festival de Poesia

WhatsApp Image 2017-11-29 at 16.16.37 Baner/Divulgação