domingo, 18 de fevereiro de 2018

POETA AFAMADO: Na Mesa do Zé Correia

Ivanildo Souza, Poeta Afamado

NA MESA DO ZÉ CORREIA!


Na mesa do Zé Correia,

O grande Poeta Garçon,

Só serve bebida boa,

E tira gosto do bom,

E uma dose de Poesia,

Servida com simpatia,

Com harmonia e dom!


Na mesa do Zé Correia,

Você degusta a proibida,

Também fica com a outra,

De forma descontraída,

Na mesa não tem amargura,

Porque é lá que a Cultura,

Se mantem sempre erguida!


Na mesa do Zé Correia,

A dose é de puro amor,

O prato é cheio de paz,

E o copo de esplendor,

Na mesa do Zé Correia,

A harmonia se semeia,

Cada um tem seu sabor!

( Ivanildo Souza, o Poeta Afamado! )


Publicado em Poesia/Cultura Sergipense. 18.02.2018

A SOLIDÃO E A SAUDADE: Duas companheiras e duas paixões.

920x920

Uma das angústias do ser humano é a solidão, para quem ama e a saudade, para quem já amou. Mas, se o amor é infinito, como suportar a solidão e saudade?

Segue abaixo, uma pequena reflexão sobre o tema:

"...Quando se encontra um grande amor
Daqueles que doma as feras
Que conta segredos, conversas sinceras
É como um navio que encontra o cais
Pois, longo e distante foi o seu caminho
E por precisar tanto do seu carinho
Sei, ao desejo e à saudade resistir
Não irei, então, quero pedir
Não me deixe nunca mais sozinho!"

                                  (HORA, F. J. 13.12.2017)

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

DA MENINA QUE OLHA PARA MIM

tip yourtaxi driverif possible

DA MENINA QUE OLHA PARA MIM


Tem uma menina linda, uma quimera
Que tímida se aproxima de mim
E me vendo acha forte, em fim
Pensa que no mundo sou fera!


Sim, daqueles que não se abala
Rocha firme talvez me veja
Mas, o homem que ela deseja
Do seu amor para ninguém fala


E olha para mim cheia de ilusão
Pois, atento demonstro sossego
E no seu coração faz apego
Que por ela um dia senti paixão


Não esperava essa flor no meu jardim
Como um devaneio que acalma
Talvez um dia penetrasse a alma
Da menina que olha para mim!

                         HORA, F. J. Fim de Primavera. JHS Publicações: 2015.


Comentários sobre o texto

O poema de F. J. Hora, do livro Fim de Primavera, lançado ano passado na IV BIENAL DO LIVRO DE ITABAIANA, retrata a alma feminina sobre a ótica da atração. A menina admira o poeta, mas,  sente desejo por outro.

A segurança transmitida e ao mesmo tempo a timidez, talvez sejam fatores quem impeçam uma aproximação maior entre os dois. O homem que ela deseja também é tímido. Mas, a sua admiração e seu jeito de olhar apaixonaram o poeta. E nesse entrecortar de suspiros, só lhe resta a esperança de “possuí-la”.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

LER OU DAR UM LIVRO? Eis a questão!

Leia Um Livro! (1)

LEIA UM LIVRO! Há quem diga que essa frase só parte de um escritor, livreiro ou editor. Pois bem. Será que alguém que goste de ler (e sentir o cheiro dos) livros, não se atreveria a fazer tal recomendação? Ora, num país onde cerveja e futebol são as duas maiores paixões, comprar um livro significa sacrificar o prazer de uma “gelada” ou de uma “jogada”. Isso é só o começo. Já que você não gosta de ler... então, DÊ LIVROS DE PRESENTE! Mas, o leitor ou aspirante a comprador quando resolve cometer tal façanha (ler um livro), pergunta-se: “por que vou comprar determinado livro”. Pesquisas indicam que os três principais motivos para a compra de um título são: 1º autor recomendado por alguma celebridade ou em destaque nas mídias sociais e políticas; 2º Leitura obrigatória para prova ou concurso; 3º Capa atraente e editora famosa no mercado editorial. O preço só atrai quando o livro é daquele amigo ou “colega”, claro, toda regra tem exceção. E esse mesmo comportamento se dá para homenagens póstumas e pessoas que se apresentam a nível nacional. E o significado de nacional é fazer parte do eixo Rio-São Paulo. Em fim, entre LER UM LIVRO e DAR UM LIVRO DE PRESENTE, há várias ponderações: Ler por quê, e comprar a quem! E ainda aquela velha esperança: que o próprio autor doe o livro, ou presenteie. Patrocínio para artista desconhecido é coisa de louco!

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Concurso Literário Faça Parte Dessa História

concurso

FNDE

O Concurso


Você quer fazer parte dessa história?

Durante 80 anos, por meio da Política Pública dos Programas do Livro, livros de diversos autores têm chegado aos estudantes. Neste ano de comemoração, é importante que nossa sociedade possa pensar a relação entre o estudante e o livro e, ainda, qual o papel do livro no desenvolvimento da nossa nação.

Com o Concurso Literário Faça Parte Dessa História, além de comemorar os 80 anos de história dos Programas do Livro, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação oferece a possibilidade de fazer com que estudantes sejam autores de livros.


Como Participar?

Poderão participar do presente concurso estudantes devidamente matriculados em turmas de ensino fundamental e médio das escolas públicas do Brasil, desde que atendam as normas deste Edital e de seus anexos.

Como se inscrever?

As inscrições serão realizadas unicamente por meio eletrônico, nesta página. O período de inscrição inicia-se em 15 de dezembro de 2017 e encerra-se em 02 de março de 2018.

Quais os prêmios?

Para o primeiro lugar de cada uma das categorias, um notebook e uma viagem internacional para conhecer a maior feira de livros do mundo, a Frankfurter Buchemesse (Feira do Livro de Frankfurt).

slide1 SAIBA MAIS

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

CONTROLE SOCIAL: Empossada mesa diretiva do Conselho de Saúde de Japaratuba

Conmusajapa 1

Reunião aconteceu ontem, 03 de Janeiro de 2018.


-> DIA 03JAN2018
Registramos nesta data a 242ª Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Japaratuba-SE/CONMUSAJAPA. Empossada a Mesa Diretiva eleita na 241ª R.O.(06dez2017) Presidente: Claudia Maria Ramos Santos(USUÁRIO); SUPLENTE: Everton Santos da Silva(TRABALHADOR); VOGAIS: Edjane Almeida e Gilberto dos Santos; SECRET. EXECUTIVO: Cristóvão Menezes Silva.
PS.: ausência constante da Gestão que, ao que parece, mesmo já sendo do seu conhecimento, desconsidera e/ou ignora a Lei de Criação do Conselho, sua recente alteração e o Regimento Interno, chegando ao cumulo de oficiar o Conselho(OF-181, de 18dez2017) solicitando a Ata da Reunião Ordinária de dezembro (06dez2017), vez que esta, mesmo já tendo sido elaborada, foi aprovada na Reunião de hoje. Já do conhecimento da Câmara e do MP, através das Atas enviadas, a ausência dos membros representantes da gestão, a falta de apresentação dos Relatórios Quadrimestrais de Prestação de Contas, num acinte à legislação e descompromisso pra com a gestão do Fundo Municipal de Saúde, personalidade jurídica, do qual a Instância do Controle Social é cogestor e tem o dever de "fiscalizar". Com certeza tomaremos as devidas medidas protetivas e legais para não penalizar mais o nosso Conselho Municipal!


Texto e Imagens: Gilberto Santos, Gibras,  publicado em Gilberto Santos.


Conmusajapa 2Conmusajapa 3

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

DE OLHO NO LEGISLATIVO: O copia e cola dos textos orçamentários

camara-municipal

12DEZ2017
CÂMARA MUNICIPAL DE JAPARATUBA/SE.


77 e 78ª S. O.


PRESENÇA:
1. Vereadores - Valdir, Manoel, Anselmo, Geovânia, Ronaldo, Pedro, Eugênio, Albert, Nilton César, Assessores e Servidores da Casa;
2. +ou_ uma dúzia de insistentes.
ORDEM DO DIA:
77ª S.O. - PL-11/2017 -> dispõe sobre o PPA;
78ª S.O. - PL-10/2017 -> LOA/2018.
# Presidente da Mesa põe pra discussão e votação (sem passar pelas Comissões para devida apreciação e muito menos Audiência Publica) - o Vice-Presidente e Líder da Bancada da Situação solicita a retirada das propostas para alteração, revisão e avaliação.
P.S.: algo de novo no "potentado"! O "Publico" de Japa, que não costuma participar das avaliações e decisões do "delibera" mais uma vez engoliria (e vai engolir), sem degustar ou mastigar, o insípido "bolo" engendrado por escritório contábil contratado pela gestão que continua a copiar/colar(com ligeiras alterações formais) textos orçamentários.


Por Gibras/ Publicado em https://www.facebook.com/gilberto.santos.3348